jusbrasil.com.br
26 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - REMESSA EX OFFICIO EM MANDADO DE SEGURANÇA: REOMS 20348 DF 2001.34.00.020348-1

Detalhes da Jurisprudência

Processo

REOMS 20348 DF 2001.34.00.020348-1

Órgão Julgador

QUINTA TURMA

Publicação

12/05/2005 DJ p.15

Julgamento

27 de Abril de 2005

Relator

DESEMBARGADOR FEDERAL FAGUNDES DE DEUS

Documentos anexos

Inteiro TeorREOMS_20348_DF_27.04.2005.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ADMINISTRATIVO. MANDADO DE SEGURANÇA. ENSINO SUPERIOR. AUSÊNCIA DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO. MATRÍCULA POR FORÇA DE EFEITO SUSPENSIVO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO. APLICAÇÃO DO ART. 462 DO CPC.

1. Segundo o art. 44, II, da Lei 9.394/96 ( Lei de Diretrizes e Bases da Educação), o estudante que não concluiu o ensino médio não tem direito à matrícula em instituição de ensino superior.
2. Entretanto, se o Impetrante conseguiu, por força de efeito suspensivo em agravo de instrumento, matricular-se em instituição de ensino superior, sem haver terminado o ensino médio, vindo a comprovar a conclusão posteriormente, mostra-se desaconselhável reverter a situação jurídica ora configurada.
3. Aplicável, ao caso, o art. 462 do CPC, segundo o qual, "se, depois da propositura da ação, algum fato constitutivo, modificativo ou extintivo do direito influir no julgamento da lide, caberá ao juiz tomá-lo em consideração, de ofício ou a requerimento da parte, no momento de proferir a sentença".

Acórdão

A Turma, à unanimidade, negou provimento à remessa oficial.

Referências Legislativas

  • LEG:FED LEI: 009394 ANO:1996 ART : 00044 INC:00002
  • LEG:FED LEI: 005869 ANO:1973 ART : 00462 ADMINISTRATIVO. MANDADO DE SEGURANÇA. ENSINO SUPERIOR. AUSÊNCIA DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO. MATRÍCULA POR FORÇA DE EFEITO SUSPENSIVO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO. APLICAÇÃO DO ART. 462 DO CPC. 1. Segundo o art. 44, II, da Lei 9.394/96 ( Lei de Diretrizes e Bases da Educação), o estudante que não concluiu o ensino médio não tem direito à matrícula em instituição de ensino superior. 2. Entretanto, se o Impetrante conseguiu, por força de efeito suspensivo em agravo de instrumento, matricular-se em instituição de ensino superior, sem haver terminado o ensino médio, vindo a comprovar a conclusão posteriormente, mostra-se desaconselhável reverter a situação jurídica ora configurada. 3. Aplicável, ao caso, o art. 462 do CPC, segundo o qual, "se, depois da propositura da ação, algum fato constitutivo, modificativo ou extintivo do direito influir no julgamento da lide, caberá ao juiz tomá-lo em consideração, de ofício ou a requerimento da parte, no momento de proferir a sentença". 4. Remessa oficial improvida. (REOMS 2001.34.00.020348-1/DF, Rel. Juiz Federal Manoel José Ferreira Nunes, Quinta Turma,DJ p.15 de 12/05/2005)
Disponível em: https://trf-1.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/2244088/remessa-ex-officio-em-mandado-de-seguranca-reoms-20348-df-20013400020348-1

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça STJ - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 23127 DF 2017/0006938-5

Superior Tribunal de Justiça STJ - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 14756 DF 2009/0209915-5

Superior Tribunal de Justiça STJ - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 22291 RJ 2015/0310113-0