jusbrasil.com.br
21 de Janeiro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
TERCEIRA TURMA
Publicação
22/06/2018
Julgamento
6 de Junho de 2018
Relator
DESEMBARGADORA FEDERAL MONICA SIFUENTES
Documentos anexos
Certidão de JulgamentoTRF-1_APR_00012743320124014100_6aadf.doc
EmentaTRF-1_APR_00012743320124014100_d3d9f.doc
EmentaTRF-1_APR_00012743320124014100_fa5ad.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

(1K[P1H1Y0)

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO fls.2/2

Numeração Única: 12743320124014100

APELAÇÃO CRIMINAL 0001274-33.2012.4.01.4100/RO

Numeração Única: 12743320124014100

APELAÇÃO CRIMINAL 0001274-33.2012.4.01.4100/RO

Processo na Origem: 12743320124014100

RELATOR(A)

:

DESEMBARGADORA FEDERAL MONICA SIFUENTES

APELANTE

:

CARLOS MAGNO SOARES DIANA

ADVOGADO

:

RO00002476 - HELENA MARIA PIEMONTE PEREIRA DEBOWSKI

APELADO

:

JUSTICA PUBLICA

PROCURADOR

:

JOAO GUSTAVO DE ALMEIDA SEIXAS

EMENTA

PENAL. PROCESSO PENAL. CRIME AMBIENTAL. ART. 44 DA LEI 9.605/98. PRESCRIÇÃO. OCORRÊNCIA. ART. 38 DA LEI 9.605/1998 E ART. 2º DA LEI 8.137/90. INCONSTITUCIONALIDADE DO DECRETO 6.514/2008, MATERIALIDADE E AUTORIA COMPROVADAS. CONCURSO FORMAL. DOSIMETRIA. REDIMENSIONAMENTO.

1. Não há que se falar em ilegalidade ou inconstitucionalidade do Decreto 6.514/2008, visto que as condenações penais, no presente caso, se basearam nos arts. 38 e 44, ambos da Lei 9.605/98 e art. 2º da Lei 8.176/91.

2. Extinta a punibilidade do acusado, no tocante ao crime do art. 44 da Lei 9.605/1998, em razão da prescrição retroativa da pretensão punitiva estatal, pela pena in concreto, nos termos dos arts. 107, IV; 109, VI, todos do Código Penal, na redação anterior à Lei 12.234/2010.

3. Constatado que o réu não possuía o devido licenciamento ambiental para realizar atividades de extração mineraria, argila e areia, bem como deixou de adotar precauções necessárias para inocorrência dos danos ambientais constatados, deve ser ele condenado nas penas dos arts. 38 da Lei 9.605/98 e 2º da Lei 8.137/90.

4. Em razão do concurso formal de crimes, a pena mais grave deve ser aumentada em 1/6 (um sexto), ficando a pena privativa de liberdade fixada definitivamente em 01 (um) ano e 02 (dois) meses de detenção e 11 (onze) dias-multa.

5. Apelação do réu parcialmente provida.

ACÓRDÃO

Decide a Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, por unanimidade, declarar extinta a punibilidade do acusado no tocante ao crime do art. 44 da Lei 9.605/98 e dar parcial provimento à apelação do réu, nos termos do voto da Relatora.

Brasília-DF, 06 de junho de 2018.

Desembargadora Federal MÔNICA SIFUENTES

Relatora

TRF 1ª REGIÃO/IMP.15-02-05 W:\ASSESSORIA\2018\Crime Ambiental\AP 0001274-33-RO-Art. 38 e 44 da Lei 9.605.Art. 2º da Lei 8.176.extração de argila e areia.Prescrição art. 44.Dec.6.514.Inconst.-E.docx

Criado por tr1603

TRF 1ª REGIÃO/IMP.15-02-05 W:\ASSESSORIA\2018\Crime Ambiental\AP 0001274-33-RO-Art. 38 e 44 da Lei 9.605.Art. 2º da Lei 8.176.extração de argila e areia.Prescrição art. 44.Dec.6.514.Inconst.-E.docx

Disponível em: https://trf-1.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/898319149/apelacao-criminal-acr-apr-12743320124014100/ementa-898319159