jusbrasil.com.br
27 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL (AC): AC 0003157-74.2005.4.01.3804

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
1ª CÂMARA REGIONAL PREVIDENCIÁRIA DE MINAS GERAIS
Publicação
13/11/2015
Julgamento
14 de Setembro de 2015
Relator
JUIZ FEDERAL MÁRCIO JOSE DE AGUIAR BARBOSA
Documentos anexos
Relatório e VotoTRF-1_AC_00031577420054013804_aa5bd.doc
EmentaTRF-1_AC_00031577420054013804_7f65c.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PREVIDENCIÁRIO. APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO. INEXIGIBILIDADE DE IDADE MÍNIMA. CONVERSÃO DO TEMPO LABORADO EM CONDIÇÕES ESPECIAIS. PROFESSOR. ADMISSIBILIDADE ATÉ A EC 18/81. POSSIBILIDADE DE CONVERSÃO DO TEMPO ESPECIAL EM COMUM MEDIANTE APLICAÇÃO DO FATOR 1,2 PARA PESSOAS DO SEXO FEMININO. 1.

A aposentadoria por tempo de contribuição no RGPS não exige idade mínima, como a do regime próprio dos servidores, nos termos do art. 201, § 7º, da CR/88, mesmo após a EC 20/98.
2. O cômputo do tempo de serviço para fins previdenciários deve observar a legislação vigente à época da prestação laboral, tal como disposto no § 1º, art. 70 do Decreto nº 3.048/99, com redação do Decreto nº 4.827/03.
3. Somente é considerado tempo de serviço especial, com possibilidade de conversão para tempo comum, o labor como professor até 31/03/1981, data da promulgação da EC 18/81. A aposentadoria por tempo de contribuição reduzido do professor somente se adquire com tempo laborado exclusivamente em atividades de magistério. Precedentes do TRF1.
4. A autora não somou tempo de contribuição superior ao mínimo exigido na data do requerimento. Indeferido o benefício de aposentadoria por tempo de contribuição. Deferida a averbação como tempo especial do tempo laborado como professora até 31.03.1981, convertido para tempo comum pelo fator 1.2.
5. Apelação da parte autora parcialmente provida.

Acórdão

A Câmara, por unanimidade, deu parcial provimento à apelação.
Disponível em: https://trf-1.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/906990560/apelacao-civel-ac-ac-31577420054013804

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL: AgRg no REsp 1485280 RS 2014/0252075-2

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL (AC): AC 0003157-74.2005.4.01.3804

Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL: AC 0001533-48.2009.4.01.3901 0001533-48.2009.4.01.3901